IMG_2261-0.JPG

Vale do São Francisco, o “terroir” perfeito à produção de vinhos tropicais

Quando se fala na produção de vinhos, logo nos vêm à mente as regiões frias do globo terrestre. Mas, foi nas terras quentes e férteis do Vale do São Francisco que abnegados empresários portugueses encontraram o terroir perfeito para formular vinhos excêntricos e de caráter internacional. Instalada no município de Lagoa Grande (PE), a Vitivinícola Santa Maria produz, há nove anos, vinhos tropicais e espumantes de excelente qualidade e que já renderam prêmios nacionais e internacionais à

“Portanto, decidimos nos instalar no semi-árido, quente e seco, e com uma terra pobre, mas que, com tecnologia, nos permite produzir excelentes vinhos. Lógico que é preciso irrigar, mas isso o Vale do São Francisco nos permite”. A Santa Maria possui hoje 200 hectares plantados de uvas e oferta 150 empregos diretos. As vinhas, selecionadas, foram trazidas de Portugal. Tamanha dedicação já rendeu prêmios de excelência à empresa nos últimos anos.

Rio Sol Brut Rosé – medalha de ouro no Concurso Mundial em Bruxelas (2010) e Rio Sol Moscatel, medalha de ouro no Concurso Nacional de Espumantes (2011)•

“Acreditamos que o Vale do São Francisco seja a melhor região do Brasil para produzir vinhos. Estamos a produzir um vinho tropical e no mundo inteiro não existe um vinho tropical, então, podemos fazer essa diferença: o Brasil tem o melhor vinho tropical do mundo e ele é nordestino”, comemora
o diretor da Santa Maria, João Santos.
IMG_2261.JPG

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *