29-07-2014-Salomao-Foto-Rafael-Neddermeyer-Fotos-Publicas-51-1024x682-e1471618552976
Cerca de 10 mil pastores pelo país já moveram dez processos contra a Igreja Universal (Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas)

Não é a primeira vez que a igreja é investigada por suspeita de exigir a esterilização de religiosos

A Igreja Universal do Reino de Deus está sendo investigada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) em Osasco pela suspeita de que obrigaria pastores e bispos a fazerem vasectomia.

A Justiça está reunindo detalhes para entrar com uma ação civil pública contra a Universal. O MPT propôs que a Universal assine um termo de compromisso garantindo a interrupção da prática de imposição da esterilização, entretanto, a instituição religiosa se nega a assinar o documento, alegando que a prática não existe e que vários de seus líderes têm filhos.

Não é a primeira vez que a Universal responde na Justiça pela polêmica. Em dezembro do ano passado, o Tribunal de Justiça de São Paulo havia condenado a igreja a indenizar em R$ 150 mil um pastor que disse ter sido obrigado a fazer a cirurgia para que pudesse exercer a função. O pastor também disse, à época, que ele e sua família foram agredidos e expulsos de casa por conta da acusação de apropriação indevida de valores. A igreja afirma que há ainda outros dez processos contra ela, vindos de um total de 10 mil pastores por todo o país. A Universal declarou em nota que irá recorrer das ações.

A instituição declarou, em uma audiência na Justiça, que faz um alerta aos pastores que ter filhos dificulta o trabalho de “propagar o evangelho pelo mundo”, no entanto, a igreja garante que não os obriga a fazer a cirurgia e que cabe ao casal a decisão de ter filhos ou não. “O planejamento familiar é um tema que deve ser debatido exclusivamente pelo casal e a instituição não interfere na questão, que é de absoluto foro íntimo de cada marido e cada esposa”, afirmou a igreja em nota.

Opinião & Noticia

Fontes:
Folha de S. Paulo-Igreja Universal é investigada por suspeita de obrigar pastores a fazer vasectomia
Estado de S. Paulo-Universal terá que indenizar pastor obrigado a fazer vasectomia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *