zz
Praia de Maracajau, “point” turístico em Maxaranguape

O Rio Grande do Norte foi o único Estado nordestino a registrar crescimento no mercado internacional em 2016, segundo dados recentes do Ministério do Turismo.

Segundo comunicado do governo potiguar, a Polícia Federal do Estado registrou um crescimento de 12% de entrada de estrangeiros no ano passado, se comparado a 2015, chegando a 30,4 mil visitantes internacionais, um acréscimo de 3,2 mil turistas.

Ainda no comunicado, o Governo comemora os números como um resultado do ”investimento em divulgação e promoção para seduzir os turistas estrangeiros tanto na Europa quanto na América do Sul”. O secretário de Turismo do Estado, Ruy Gaspar, também celebrou: “Não só investimos em divulgação nas feiras nacionais, internacionais e campanhas promocionais, como soubemos investir com qualidade. Apostamos nos mercados potenciais para nosso Estado”, afirmou.

Segundo o Governo, os países onde mais se investiu foram Argentina, que registrou um crescimento próximo a 150% em número de turistas no ano passado, e Portugal, que ainda segundo o comunicado aparece em segundo na lista. Em seguida aparecem Itália e França.

AÇÕES PROGRAMADAS

A presidente da Emprotur, Aninha Costa, ressalta ações já realizadas e as que estão programadas para este ano: “Realizamos roadshows exclusivos em cidades argentinas estratégicas para nosso Turismo e temos programado para este mês uma reunião com agentes e operadores em três cidades argentinas. Temos campanhas junto a Gol e CVC em pleno andamento. Realizamos campanha com a Tap ano passado. São investimentos que atraem turistas e dão retorno financeiro ao Estado”, explicou Aninha.

INVESTIMENTOS E RETORNO

Segundo dados do Governo do Rio Grande do Norte foram aproximadamente R$ 300 mil investidos em divulgação na capital e em diferentes cidades argentinas ano passado, através da Setur e da Emprotur, com recursos do Governo Cidadão. “Esse investimento injetou algo em torno de R$ 10 milhões na economia do Estado com a vinda desses turistas. Por isso nunca se fala em gasto, mas em investimento no Turismo, porque traz retorno”, afirmou Ruy Gaspar.

Por fim, o governo potiguar informou que, no total, apenas o mercado turístico internacional no Estado movimentou mais de R$ 80 milhões no ano de 2016, sendo R$ 8 milhões superior ao valor deixado pelo turista estrangeiro no Rio Grande do Norte em 2015.

Por Liszt Madruga

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *