garrafas-pet-e1506959253264
Mesmo com a grande quantidade de plástico produzido, uma pequena parcela dessas garrafas é reciclada (Foto: Wikipedia)

A Coca-Cola, que produz anualmente 110 bilhões de garrafas plásticas, ampliou o uso dessas embalagens descartáveis em 2016, segundo o Greenpeace

Mesmo com as pressões sobre o uso de garrafas plásticas não retornáveis, a Coca-Cola aumentou sua produção de garrafas PET em mais de um bilhão em 2016, de acordo com uma análise feita pela ONG Greenpeace. A companhia não disponibiliza números oficiais sobre garrafas plásticas, mas confirma o aumento no uso dessas embalagens.

Segundo o Greenpeace, a Coca-Cola produz mais de 110 bilhões de garrafas PET por ano. A companhia informou que o uso desse tipo de embalagem descartável representou 59% do total em 2016, contra 58% no ano anterior.

A escala de produção dessas garrafas contribui para montanhas de plástico que crescem a cada ano. De acordo com dados obtidos pelo jornal britânico Guardian, o número de garrafas descartáveis produzidas ultrapassará a marca de meio trilhão de unidades em 2021.

A análise do Greenpeace também revela que mesmo com a grande quantidade de plástico produzido, uma pequena parcela dessas garrafas é reciclada. Menos da metade das garrafas compradas em 2016 foram recolhidas para reciclagem e apenas 7% destas foram transformadas em novas garrafas. Em vez disso, a grande maioria das garrafas acaba sendo despejada em aterros sanitários ou em oceanos, sendo fonte de poluição e ingeridas por animais marinhos.

Louise Edge, ativista do Greenpeace, alertou: “A Coca-Cola fala sobre sustentabilidade, mas suas taxas de uso de garrafas PET continuam crescendo espantosamente. […] Nós calculamos que a companhia produz mais de 110 bilhões de garrafas descartáveis a cada ano – um número impressionante de 3.400 por segundo – enquanto se recusa a assumir responsabilidade por seu papel na atual crise de poluição deteriorando nossos oceanos”. A ativista ainda lamentou o fato da Coca-Cola não divulgar balanços mais detalhados.

Parceiros da empresa na Europa afirmaram que mudaram sua mentalidade em relação ao depósito dessas garrafas e chegaram a anunciar em julho deste ano que ampliariam o percentual de plástico reciclado em suas garrafas em até 50% até 2020. No entanto, garrafas podem ser feitas com 100% de material reciclado – são as chamadas RPET.

Um porta-voz da Coca-Cola no Reino Unido afirmou que a empresa continua revisando e ajustando estratégias de embalagem “como parte de um plano geral de negócios”. Ele ainda acrescentou que as garrafas no Reino Unido têm 25% de material reciclado e a companhia promete dobrar a quantia até 2020. “No Reino Unido, todas as nossas garrafas e latas são 100% recicláveis, desde 2012”, ressaltou o porta-voz.

Opinião & Noticia

Fontes:
The Guardian-Coca-Cola increased its production of plastic bottles by a billion last year, says Greenpeace
O Globo-Coca-Cola aumentou produção de garrafas PET em um bilhão, acusa Greenpeace

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *